Persona

É preciso planejar antes de abrir um negócio

É preciso planejar antes de abrir o próprio negócio

O ituano Adelino Castro, 52 anos, é o atual diretor de Desenvolvimento Empresarial e Apoio ao Emprego na Prefeitura de Itu. Técnico em Contabilidade pela Escola de Junqueira Ortiz, graduado em Administração de Empresas pela Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas de Sorocaba (atualmente Uniso), com MBA em Gestão Empresarial pela Faculdade Prudente de Moraes de Itu, e com extensão na Westminster College de Salt Lake City, Utah, Estados Unidos. Com mais de 35 anos tendo atuado como controller no Grupo Gaplan de Itu, e Cervejaria Petrópolis; como superintendente do Plaza Shopping Itu, desde 2014 como consultor de negócios, e desde janeiro de 2017 na Prefeitura de Itu, ele fala sobre os desafios do empreendedorismo.

Singular: Quais tipos de orientação a Sala do Empreendedor oferece para quem quer empreender?

Adelino Castro: As orientações que o cidadão recebe estão voltadas para a abertura de empresas MEI, capacitações sobre temas de gestão de negócio oferecidas pelo Sebrae, consultorias com o Sebrae, como obter o alvará de funcionamento para o MEI, como obter empréstimo do banco do povo paulista e como fazer cursos profissionalizantes com o Via Rápida Emprego.

Singular: Houve um aumento de procura pelos trabalhos da Sala do Empreendedor nos últimos tempos?

Adelino Castro: A cada ano aumenta a procura pelos serviços da Sala do Empreendedor que também se preocupa em sempre estar inovando e agregando mais serviços para o cidadão. Este ano a Sala do Empreendedor já conta com um espaço para as consultorias com o Sebrae via WEB, não sendo mais necessário o empresário comparecer até Sorocaba, onde fica localizado o Sebrae que atende Itu. A Sala do Empreendedor está buscando reduzir distâncias aproximando o empresário ao máximo de serviços possíveis. Em breve novas iniciativas estarão sendo implementadas.

Singular: Qual o perfil deste empreendedor (a)?

Adelino Castro: O empreendedor que procura a Sala do Empreendedor para poder abrir ou alavancar o seu negócio, em grande parte, é o MEI que possui o seguinte perfil: faixa etária entre 31 – 43 anos; sexo masculino, com Ensino Médio, forma de atuação: Porta a porta; setor: Prestação de Serviços.

Singular: Qual o tipo de microempresa mais aberta na cidade?

Adelino Castro: O Microempreendedor Individual é o tipo de Microempresa que mais se abre me Itu, até mesmo pela proposta que o MEI oferece com relação aos benefícios. E dentro do MEI o setor que as pessoas mais procuram é Roupas e Acessórios, seguido de Cabeleireiros.

Singular: Quais as vantagens de abrir um MEI?

Adelino Castro: As vantagens de se abrir um MEI são:ausência de custos de abertura;tributação simplificada, não varia conforme o faturamento, hoje consiste de: INSS (5% sobre o valor do Salário Mínimo vigente), ISS de R$ 5,00 e ICMS de R$ 1,00. O MEI pagará todos estes impostos em uma única guia mensal que deverá ser gerada no Portal do Empreendedor. Apenas para conhecimento;benefícios Previdenciários como: Aposentadoria por Idade, por Invalidez, Salário Maternidade, Auxílio Doença, Pensão por Morte e Auxílio Reclusão. Para ter direito a estes benefícios, o MEI terá que estar em dia com o pagamento dos seus impostos e ter cumprido a carência exigida. Além disso, não há a necessidade de se ter um contador, porém, caso o MEI precise contratar um funcionário, que é permitido até um funcionário recebendo um salário-mínimo ou piso da categoria (sempre aquele que for maior), recomendamos contratar os serviços de um contador; o MEI só tem a obrigação de pagar os impostos, todo o resto será facultativo;poderá emitir Nota Fiscal; terá CNPJ; e poderá ter acesso a crédito como Pessoa Jurídica. Sendo maior de todas as vantagens estar inserido no mercado formal de trabalho e negócios, o que o habilita a buscar todas as situações que exijam comprovação de renda e vínculo de trabalho.

Revista Singular: Qual a principal dificuldade de quem quer começar um negócio próprio?

Adelino Castro: As dificuldades são as mais variadas possíveis. Atualmente o excesso da burocracia é um dos fatores chaves que emperram a abertura de empresas, mas também a falta de um bom planejamento (plano de negócios) faz com que empresas fechem em um curto espaço de tempo e/ou não consigam alavancar os negócios. A regra que mais impera no Brasil é a pessoa abrir a empresa até mesmo de maneira informal e depois vai se preocupando em legalizá-la, mas o planejamento, que seria uma peça fundamental, é deixado de lado.

Singular: Em um cenário de economia ainda morna, quais cuidados o empreendedor deve ter?

Adelino Castro: Costumamos falar que há dois tipos de empreendedor: o da necessidade e o da oportunidade. O primeiro está mais pujante devido ao cenário econômico que vem se arrastando desde 2014. São pessoas que perderam seus empregos e informais que buscam a legalização por diversos motivos e que precisam buscar um meio de sobrevivência, sendo que alguns deles até já tinham a vontade de empreender. O segundo é o mais raro, pois precisa ter uma visão aguçada e um perfil empreendedor para enxergar as oportunidades disfarçadas que surgem em sua maioria nos momentos de crise. Em ambos os casos, o cuidado que o empreendedor deverá ter é, na medida do possível, planejar o seu negócio, tentar entender o perfil dos seus clientes, se capacitar e capacitar o seu funcionário, conhecer um pouco sobre os temas de gestão como: Finanças, Marketing, Vendas, Planejamento e Gestão de Pessoas, e conhecer o custo de oportunidade que seria a comparação entre ele investir o seu dinheiro numa aplicação livre de risco (ex. títulos da dívida pública) e no seu negócio cercado de riscos.

Singular: A taxa de mortalidade dos pequenos negócios ainda é elevada. Como resolver isto?

Adelino Castro: Os empreendedores precisam pensar no seu negócio de forma mais planejada, buscar capacitação a respeito da gestão do negócio, pois muitos são especialistas no núcleo do seu negócio, mas não possuem os conhecimentos necessários sobre formação de preços de venda, margem de lucro, divulgação da sua empresa, estabelecimento de metas, controlar as suas despesas e saber separar o que é da Pessoa Jurídica e da Pessoa Física. Estas seriam algumas das ações que ajudariam a melhorar estas estatísticas.

Anúncios

0 comentário em “É preciso planejar antes de abrir um negócio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: