negócios Sem categoria

Lojas Carneiro: há três décadas no mercado

Em 30 anos de experiência, marcados por muita persistência, altos e baixos, planos econômicos traumáticos, mas, mesmo assim, com o prazer de contar com a confiança dos clientes,  as Lojas Carneiro proporcionam a toda região a autenticidade de marcas importantes, para homens, mulheres e crianças, adeptos a uma moda atual, casual, não convencional, chic, dinâmica e para diferentes ocasiões. Atualmente trabalham com as marcas Aleatory, Lacoste, U.S. Polo e ASSN, mas as ideias não param e logo apresentarão novidades.

Fernando César Carneiro nos conta a seguir a trajetória de sucesso da rede e quais foram suas principais dificuldades:

1986: Enquanto Fernando cursava faculdade, sua mãe,  Antonia Micai, o ingressou como sócio junto a seus três irmãos, em uma loja de acessórios da moda. Em pouco tempo, o estabelecimento transformou-se em “Diamond Galeria”, na cidade de Salto,  adicionando os segmentos de roupas masculinas e femininas. Cada cômodo da casa, adaptada para a loja, era destinado a um setor da moda, com peças exclusivas na região, de marcas do Rio, Belo Horizonte e Fortaleza, escolhidas na Fenit.

1990: A primeira filial foi aberta em Indaiatuba. Fernando largou o emprego estável que possuía para dar o primeiro passo à frente da administração das lojas. Em pouco tempo, se tornou o único proprietário da rede e inovou, buscando exclusividade junto a marcas internacionais, como Lacoste e Vuarnet e a alemã Hugo Boss.

2001: Mais uma filial foi inaugurada, e foi um marco na vida do proprietário e de sua família. Junto a sua esposa, Érika,  trouxeram uma proposta inovadora a Salto com a Loja Carneiro, que possuía um layout mais atual e moderno, e lançaram sua marca própria, produzida em confecções nacionais, com qualidade associada a bons preços. A marca possuía etiquetas próprias,  aliada às famosas Lacoste, Vuarnet, Hugo Boss e Aramis.

2002: A Hugo Boss encerrou suas atividades no Brasil e uma nova realidade chegou ao cenário econômico do país. Assim foi muito difícil manter preços competitivos comparados ao de confecções estrangeiras com mão de obra muito barata e a facilidade nas importações, principalmente da China. Neste momento, fizeram uma importante escolha: a marca própria deu lugar à inclusão da marca Aleatory no mix de produtos, mantendo a trajetória de bons preços e ótima qualidade. Com o passar do tempo, a Loja Carneiro passou a representar somente uma marca, o que também marcou a contratação do gerente, Alex, que estava concluindo o curso de administração, conhecimento que auxiliou os proprietários a efetivarem a implantação das demais lojas.

2003: Implantação da segunda loja no Plaza Shopping Itu, com mais uma novidade: a marca americana Tommy Hilfiger.

2005: Inauguração da terceira loja no centro de Indaiatuba e, ao mesmo tempo, a loja do Plaza Shopping Itu é desmembrada em duas, que no mesmo ano se fundiram novamente em uma loja maior, com todas as marcas em apenas um local, e um layout baseado na marca Lacoste, para dar mais autenticidade à loja.

2011: Instituição da quarta loja da rede, no Polo Shopping Indaiatuba, que hoje se caracteriza como uma franquia Aleatory, em uma operação double com a Lacoste.

2012: Reforma na loja localizada no centro de Indaiatuba, para um layout mais moderno, onde comercializa-se as marcas Aleatory e Nautica.

De 2013 até hoje: A globalização, principalmente com o crescimento efetivo de compras pela internet e a inauguração de vários outlets na região, exigiu muitas adaptações e estratégias inteligentes por parte da equipe. A solução foi trabalhar mais em busca de novos conhecimentos, conceitos, atualização de layout e criação de uma loja temporária, duas vezes ao ano, somente com marcas internacionais e preços dos outlet’s dos Estados Unidos. Além disso,  houve um grande investimento em atendimento, gerando uma aproximação maior com o cliente.

Fernando acredita que o segredo para obter sucesso em qualquer área é gostar do que se faz, adquirir know how, ter confiança, perseverança e muita fé.

Dicas de moda para o homem contemporâneo

O modo de se vestir do homem contemporâneo vem evoluindo aos poucos, e agora está diretamente ligado a sua personalidade. Não existe mais um padrão de moda, mas cada um com o seu próprio estilo, adequado para cada ocasião.

Se tratando do corte das calças masculinas, o homem atual vem aderindo mais ao modelo slim, com tecidos em stretch, principalmente no jeans, oferecendo mais conforto. Nas camisas e camisetas, o corte mais procurado também é o slim fit, com tecidos mais confortáveis, em 100% algodão, lisos, estampados, listrados, xadrez, em diversas cores, especialmente no marrom e no azul, que são as tendências da moda masculina para essa estação. 

Temos também a continuação dos tipos de micro estampas, com o tradicional polka dots ou mini-print, ou seja, estampas minúsculas que podem ser copiadas das gravatas, ou com seus padrões geométricos bem pequenos, que têm como objetivo criar a ilusão, de longe, de que uma camisa ou camiseta possui apenas uma cor, mas, de perto, é possível notar seu verdadeiro desenho.

Anúncios

0 comentário em “Lojas Carneiro: há três décadas no mercado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: