Matéria de Capa nova edição

Foco na carreira

“O trabalho dignifica o homem”. Essa frase do cientista norte-americano Benjamin Franklin (1706-1790) marcou a história por representar perfeitamente a importância do ato de trabalhar. Trata-se de algo maior do que simplesmente ganhar dinheiro. O trabalho é uma autorrealização em que o ser humano se sente útil, vivo e valorizado, pois contribui de alguma forma para a sociedade.
Devido a essa importância, estar fora do mercado acaba sendo uma experiência difícil e dolorosa para as pessoas. Por isso, planejar uma carreira e se aperfeiçoar com frequência é necessário e importante para a vida profissional. “Mesmo estando empregadas as pessoas devem estudar, buscar conhecimento e manter o foco na construção de uma carreira futura. O problema é que muitos se prendem ao emprego e se acomodam”, afirma a psicanalista e coach Vanessa Higino.
O foco no “emprego” e não na “carreira” faz com que o profissional restrinja seus conhecimentos, o que pode prejudicá-lo na busca de uma nova vaga no mercado. “Pessoas com perfis generalistas, que conhecem outras atividades da empresa, conseguem se recolocar de forma mais rápida, ou seja, o leque de oportunidades para elas é maior do que para aqueles profissionais que estão focados apenas em suas funções e não pensam em suas carreiras”, destaca Vanessa.
Pensar na carreira é se movimentar, se relacionar com pessoas, fazer o chamado ”networking”. É dar resultados para a empresa em que atua, mas ao mesmo tempo não esquecer do mercado e estar atento a tudo o que acontece fora da organização.
Outro ponto importante: ter uma reserva financeira que pague suas despesas até um ano após uma possível demissão. O tempo estimado para um profissional qualificado se recolocar é de seis meses. Esse prazo pode se estender, por isso é recomendado poupar enquanto estiver empregado, para evitar surpresas negativas.
“Quando demitidas, muitas pessoas se desesperam porque levam uma vida financeira desestruturada. É necessário ter um controle de despesas, uma reserva que o garanta nesse tempo”, reforça a coach.
O profissional que tem foco em sua carreira, se especializa e, além disso, possui uma reserva financeira, é mais estruturado emocionalmente e menos impactado com uma demissão. Dessa forma, consegue estar calmo e centrado para a busca de uma recolocação. O sucesso em processos seletivos depende dessa tranquilidade e isso vale também para aqueles que desejam empreender.
Mesmo em tempos de crise, o mercado tem espaço para todos os profissionais. “Se você cria uma carreira idônea, tem uma boa reputação, tem autoconhecimento, que é a consciência dos seus talentos e dos seus pontos fortes e fracos, há um reconhecimento externo e as portas se abrem com facilidade”, afirma Vanessa.
Há espaço para todos, em todos os lugares. Por isso, planeje a sua carreira, sem esquecer que o otimismo, a dedicação, o empenho e a idoneidade são fundamentais para o seu sucesso.

Dicas importantes:
– Mantenha seu currículo sempre atualizado;
– Alimente sua rede de networking;
– Publique bons conteúdos em suas mídias sociais;
– Prepare-se para uma entrevista: leia sobre a empresa e tenha postura.

0 comentário em “Foco na carreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: